Live: cannabis medicinal, indústria e acesso no Brasil, com Tarso Araujo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Por João R. Negromonte

O convidado dessa semana é nada mais nada menos que Tarso Araujo, jornalista, escritor, diretor e uma das pessoas mais influentes na emergente indústria brasileira de cannabis e outras substâncias.

Ao dirigir o documentário “Ilegal: A vida não espera”, filme brasileiro de 2014 que retrata a burocracia do acesso à cannabis para fins medicinais, Tarso se tornou um dos pioneiros no assunto, o que representou uma mudança de paradigmas ao mostrar as histórias de pessoas que sofrem preconceito por lutar pelo direito de usar legalmente remédios derivados da planta para o tratamento de diversas doenças.

Atualmente, o jornalista faz parte da Associação Brasileira da Indústria de Canabinoides (BRCann), onde é Diretor Executivo. A missão da empresa é tornar a indústria de cannabis para fins terapêuticos do Brasil, reconhecida como um setor produtivo comprometido com a ética, a legalidade, a justa concorrência, a qualidade de vida dos pacientes e a saúde pública do país.

Ele também se dedicou à redação e edição do livro Almanaque das Drogas (LeYa, 2011), que trata de forma clara e descomplicada o lado bom e o lado ruim do uso de diversas substâncias, desmistificando algo que causa tanta polêmica. Segundo o autor, a ideia é promover o debate sobre drogas em geral e esclarecer as dúvidas mais comuns da população, como a classificação das substâncias entorpecentes, organização de uma boca de fumo, efeitos físicos no usuário e a relação econômica com a corrupção e o crime organizado.

Suas reportagens já lhe renderam um Prêmio Esso de Criação Gráfica (com equipe da Folha de S.Paulo) e um Prêmio Abril de Jornalismo (com a revista Placar). Além disso, foi editor da Galileu e colaborador regular de diversas outras revistas, entre elas Superinteressante, Mundo Estranho e VIP.

Tarso Araujo Silva, é natural do Rio de Janeiro (RJ), onde fez sua gradação em Jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ. Iniciou na profissão como repórter geral do portal Globo.com, onde permaneceu até 2003. Durante esse período também escreveu para as publicações da editora Globo nas áreas de esportes, ciência e saúde, entre outros temas. Nessa altura, passou a pesquisar e a escrever reportagens sobre o assunto das drogas lícitas e ilícitas em geral, tema no qual se especializou.

Como já é de costume, nosso encontro vai ao ar amanhã, dia 23/11 (terça), às 19hrs pelo @Sechat_oficial, no Instagram. Na falta de nosso mediador oficial das lives, o Neurocirurgião e Diretor Científico do portal, Dr. Pedro Pierro, convidado para a 4º edição da Cannadouro, Feira Internacional de Cânhamo, na cidade do Porto, Portugal, o bate papo acontecerá com nosso assistente de comunicação e entusiasta da cannabis medicinal, o mineiro João Renato Negromonte.

O convidado debaterá temas como a história da cannabis, impactos da proibição, legislação, como ele conheceu e se interessou por esse universo, sua trajetória profissional, além de diversas outras pautas que abrangem, além da cannabis, outras substâncias como o álcool, psicodélicos, opioides, etc.

Quer saber mais?

Fique ligado no perfil do @Sechat_oficial no Instagram e entenda um pouco mais sobre esse ecossistema. Nos vemos lá!

Acesse o link.

Veja outras lives

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese