Colômbia define novas regras para exportação de cannabis

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Créditos da imagem: Pexels/Jose Vasquez)

Por Jacqueline Passos

No fim de semana, o presidente colombiano Ivan Duque aprovou uma resolução que descreve os regulamentos comerciais de cannabis para fins médicos e industriais. A nova regra foi apresentada em discurso no último domingo e publicada pelo Ministério da Saúde. A resolução 227 permite, define e estabelece todos os mecanismos e procedimentos para o uso industrial da cannabis nos setores de alimentos, bebidas e têxteis. No entanto, as cultivares devem conter até 1% de THC, apesar de outras licenças já permitirem a comercialização de derivados psicoativos e flores secas, desde a semente até a exportação. 

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Segundo o regulamento, os produtores podem solicitar licenças de exportação, com uma regra: o país importador deve permitir a transação. Os interessados em obter a licença devem se inscrever no Mecanismo de Informação para o Controle da Cannabis (MICC) e, dependendo da atividade, a autorização pode ser feita pelo Ministério da Justiça ou o Instituto Nacional de Vigilância de Alimentos e Medicamentos da Colômbia (INVIMA). O órgão também será responsável pelas licenças que regulam a produção de derivados psicoativos e não psicoativos para pesquisa, exportação e uso em todo território nacional. Para a  produção de derivados não psicoativos, as licenças serão separadas e exclusivas.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

O processo de licenciamento,  que regula as cultivares desde a semente até a exportação, será fiscalizado pelo Ministério da Justiça. 

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal 

No país, o uso medicinal da cannabis é legalizado desde 2016 e, com o novo decreto, tudo indica que as exportações no país devem aumentar. O presidente, inclusive, destacou: “Hoje, a Colômbia está na vanguarda com a regulamentação do uso de cannabis medicinal e seus derivados para uso industrial”.

Quer assistir o pronunciamento do presidente colombiano?

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese