Conheça o CBG, o “pai dos canabinoides”

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
A maioria das evidências que os cientistas encontraram sobre a eficácia do CBG é baseada em modelos animais, então é muito cedo para dizer se eles são relevantes para humanos (Foto: Reprodução/The Cannigma/Engdao Wichitpunya)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de The Cannigma (Matan Weil)

O CBG (cannabigerol) é de longe um dos canabinoides mais importantes na planta de cannabis. Muitas vezes é chamado de “o pai de todos os canabinoides” e tem potencial como tratamento para diversas doenças, embora faltem estudos em humanos. Além de suas potenciais aplicações médicas, assim como o CBD, o CBG não é considerado intoxicante e não deixará você chapado. 

Muitos dos efeitos mais populares e conhecidos do THC e do CBD são derivados de sua interação com o sistema endocanabinoide. O CBG, entretanto, atua principalmente por meio de outros mecanismos, o que explica por que tem efeitos tão diferentes. Atualmente está sendo pesquisado como um tratamento para uma longa lista de condições, como demência, PTSD, TDAH, doença de Parkinson, diabetes, colite e, claro, dor.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal 

Mas é importante notar que quando se trata de CBG a palavra “potencial” é essencial. A maioria das evidências que os cientistas encontraram sobre a eficácia do CBG é baseada em modelos animais, então é muito cedo para dizer se eles são relevantes para humanos. E, ao contrário do THC e do CBD, não há praticamente nenhuma informação científica sobre a segurança ou dosagem de produtos com predominância de CBG. 

Qual é melhor, CBG ou CBD?

A resposta depende do que você está tentando alcançar. O CBG se liga a diferentes receptores que podem produzir uma variedade de efeitos no corpo. Para algumas condições, como hipertensão, o CBG mostra benefícios potenciais que o CBD não mostra. Em outros casos, como no controle de convulsões, o CBD é útil, enquanto o CBG não é. Ainda para outros sintomas, como inflamação e dor, tanto o CBD quanto o CBG atuam nos mesmos alvos e podem ter efeitos semelhantes. Realmente depende do que você está tentando alcançar.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Ao contrário do CBD, no entanto, a pesquisa sobre a segurança e eficácia do CBG é praticamente inexistente. Os produtos de CBD são frequentemente vendidos como suplementos dietéticos devido a uma lacuna regulatória, mas o CBD – embora longe de ser totalmente compreendido – foi amplamente estudado por sua segurança e eficácia em uma variedade de sintomas e condições. Os produtos CBG são acessíveis através da mesma lacuna regulatória, mas não há pesquisas suficientes para avaliar a segurança e eficácia dos produtos dominantes do CBG, especialmente quando se trata de interações medicamentosas. 

Confira outros conteúdos sobre canabinoides publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese