Ministro da Saúde alemão adota conduta de segurança para a legalização da cannabis

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Imagem: Freepik/Artbutenkov)

Por João R. Negromonte

O Ministro da Saúde Karl Lauterbach fez os comentários nas audiências do ministério sobre a legalização do uso adulto da cannabis, onde centenas de especialistas compartilharam opiniões sobre vício, lei, negócios, governo, indústria e outros, assim como noticiou o Der Spiegel, um dos, senão, o maior site de notícias alemão.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Segurança e a proteção dos jovens são, de acordo com o Lauterbach, o cerne da legalização da cannabis na Alemanha. Para ele, que não mencionou o Canadá, mas deixou a entender que seu país seguirá os mesmos passos, um sistema regulado mais restritivo focado na saúde, assim como o do país norte-americano, desfavorece as grandes empresas.   

O ministro destacou que pretende ter um projeto de lei concluído ainda este ano, mas não ofereceu muitos detalhes sobre quando a legislação poderá ser aprovada e publicada oficialmente.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Atualmente, cerca de 4 milhões de adultos na Alemanha consomem cannabis, bem menos do que os 6,2 milhões de canadenses que consumiram maconha durante três meses em 2020.

Contudo, uma pesquisa realizada em 2018 mostrou que o número de consumidores alemães de cannabis pode ser bem maior, chegando a 16,9% dos jovens adultos com idades entre 15 e 34 anos.   

Lauterbach disse que costumava ser contra a legalização, mas desde então mudou de ideia.

“A abordagem repressiva à cannabis falhou”, disse ele durante as audiências. “Os riscos da proibição são maiores do que aqueles que poderiam ser alcançados com as vendas controladas de cannabis”, completou.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal  

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese