Raphael Mechoulam, o pai da Cannabis medicinal, é o convidado do TGH Talks desta quarta (26)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Charles Vilela

Nesta quarta-feira (26), às 19h, haverá a veiculação de mais um TGH Talks. Desta vez, o convidado é nada menos que o cientista considerado o pai da Cannabis medicinal, o israelense Raphael Mechoulam. Será uma conversa empolgante sobre o que vem pela frente em termos de pesquisa sobre os canabinoides. Quem assistir vai conhecer muito além que se fala sobre CBD e THC. 

“Será um programa para ver e assistir novamente várias vezes”, diz Alex Lucena, apresentador do programa e diretor de Inovação da The Green Hub. “Com os ensinamentos de Mechoulam, notamos que ainda estamos muito na superfície do que é possível explorar em termos dos potenciais da Cannabis, como na questão do envelhecimento saudável.”

>>> The Scientist – o filme sobre Raphael Mechoulam, o pelé da cannabis medicinal

Participam ainda da conversa Marcelo De Vita Grecco, cofundador da The Green Hub; Edson Cordeiro, diretor do Merck Group; Stevens Rehen, cientista, pesquisador e professor titular da UFRJ; e Daniel Jordão, diretor do Sechat, portal dedicado à maconha medicinal e os negócios da Cannabis. 

Para o diretor do portal Sechat, a conversa com Mechoulam é reveladora por tratar dos novos tipos de CBD que estão sendo descobertos e tratamentos inovadores que vêm sendo testados. Jordão aproveitou o momento para convidar o cientista para participar do Especial do Sechat sobre os 40 anos do estudo sobre a maconha medicinal realizado pelo médico e pesquisador brasileiro Elisaldo Carlini. A pesquisa de Carlini foi um marco que colocou o canabidiol no mapa da ciência brasileira e do mundo quando o assunto é o tratamento de convulsões. 

Mechoulam tem relação carinhosa com o Brasil 

Raphael Mechoulam, químico orgânico israelense e professor de química medicinal na Universidade Hebraica de Jerusalém, fez descobertas inovadoras em torno da estrutura dos compostos de cannabis CBD e THC em 1963 e 1964, seguidos de testes clínicos com CBD publicados em 1980. 

Além de laços científicos, ele tem uma relação carinhosa com o Brasil. Uma de suas referências aqui é o médico e pesquisador Elisaldo Carlini, considerado o maior nome da ciência brasileira no assunto Cannabis medicinal. 

>>> Aos 90 anos, Elisaldo Carlini diz que vai “continuar brigando pela causa” da maconha medicinal

O estudo foi realizado na Escola Paulista de Medicina, em São Paulo, e teve a participação da equipe da Universidade Hebraica de Israel, que agregou nomes como o de Mechoulam, considerado o “pai da Cannabis” por ser pioneiro nos estudos de aplicação da maconha medicinal no mundo.

Serviço: 

O quê: TGH Talks, com Raphael Mechoulam 

Tema: O futuro das pesquisas científicas sobre a Cannabis medicinal

Como assistir: No canal da The Green Hub no Youtube  

Quando: Quarta-feira, dia 26 de agosto de 2020

Horário: 19h (horário de Brasília)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese